ページの先頭です。 メニューを飛ばして本文へ
Posição atual Home > 分類でさがす > くらし・手続き > がいこくじんのみなさんへ > Português > Português > Vacinação preventiva infantil

本文

ID de publicação:0000139993Data de atualização:2020年3月16日更新印刷ページ表示

Vacinação preventiva infantil

 As vacinações preventivas realizadas pela cidade de Hiroshima, conforme indicado abaixo, fazem parte da “vacinação preventiva periódica”, estabelecida pela “Lei da Vacinação Preventiva”.

 Nelas estão estabelecidos por lei a idade-alvo e o intervalo de vacinação.
 

 Nos seguintes casos, a vacinação poderá “opcional” e os gastos sendo assumidos por conta próprio requerente, é possível que não haja assistência com base na “Lei da Vacinação Preventiva” em decorrência de problemas de saúde causados pela vacinação. Não se esqueça de vacinar.
 ・Quando não corresponder à idade-alvo.
 ・Quando não obedecer aos intervalos e à freqüência de vacinação.

Vacinação preventiva periódica (cronograma de vacinação estabelecido pela Lei da Vacinação Preventiva

Quando for receber a vacinação preventiva, não se esqueça de levar a Caderneta de Mãe e Filho e um documento que comprove a idade e o endereço (Cartão do Seguro de Saúde, etc.). 

    Página relacionada Utilize a “etiqueta de nome” que é colada no Cupom de Vacinação Preventiva.

 

Como receber a vacinação preventiva (atualizado em 1º de abril de 2019) 

Vacinação Preventiva anterior ao ingresso à escola primária

Vacinação preventiva

Forma de vacinação estabelecida pela Lei

Cupom de vacinação preventiva

Observações

Período-alvo (Nota 1)

Início da vacinação

Total de doses

Forma de vacinação

Vacina Hib

 

 

De 2 a 60 meses de idade

De 2 meses de nascimento até completar 7 meses

4 doses (vacinação inicial de 3 doses, 1 dose de reforço)

Vacinação inicial (3 doses)

Vacinar até os 12 meses de idade, dentro de um intervalo de 27 dias ou mais por dose (pode ser de 20 a 26 dias quando o médico considerar necessário).

Anexado na caderneta de Mãe e Filho ou disposto nas instituições médicas

▪ Fazer o possível para iniciar a vacinação na idade de 2 a 6 meses.

 

▪ A vacina Hib é aplicada na idade de 2 a 11 meses, e caso a 1ª dose não seja aplicada até os 12 meses, aplica-se uma dose deixando um intervalo de 27 dias ou mais (pode ser de 20 a 26 dias quando o médico considerar necessário) a partir da última vacinação, realizando o reforço.

Reforço

Após a 1ª dose, deixar um intervalo de 7 meses ou mais.

Desde o dia seguinte ao completar 7 meses até completar 12 meses

3 doses (vacinação inicial de 2 doses, 1 dose de reforço)

Vacinação inicial (2 doses)

Vacinar até os 12 meses de idade, dentro de um intervalo de 27 dias ou mais por dose (pode ser de 20 a 26 dias quando o médico considerar necessário).

Reforço

Após a 1ª dose, deixar um intervalo de 7 meses ou mais.

A partir do dia seguinte após completar 12 meses até completar 60 meses.

1 dose

 1 vacinação

Vacina pneumocócica infantil

 

 

 

 

 

 

 

 

 

De 2 de nascimento até completar 7 meses

4 doses (vacinação inicial de 3 doses, 1 dose de reforço)

Vacinação inicial (3 doses)

 3 doses, deixando um intervalo de 27 dias ou mais antes de completar 24 meses de idade. No entanto, no caso de tomar a 2a dose após os 12 meses de idade, não se aplica a 3ª dose.

Reforço

 Uma vacinação depois do dia que completar 12 meses de idade, após deixar um intervalo de 60 dias ou mais após concluir a 1ª vacinação.

A partir do dia seguinte após completar 7 meses até completar 12 meses de nascimento

3 doses (vacinação inicial de 2 doses, 1 dose de reforço)

Vacinação inicial (2 doses)

 2 doses deixando 27 dias ou mais antes de completar 24 meses de idade.

Reforço

 1 dose no dia seguinte após completar 12 meses, deixando um intervalo de 60 dias ou mais após concluir a 1ª vacinação.

Do dia seguinte ao completar 12 até completar 24 meses

2 doses

 2 doses deixando um intervalo de 60 dias ou mais.

Do dia seguinte ao completar 24 meses até completar 60 meses

1 dose

 1 vacinação

 Nome da vacina

Forma de receber vacina estabelecida por lei, etc.

Período recomendável

Cupom de vacinação

Observações

 

Período-alvo

Doses e intervalo de vacinação.

 

 Hepatite B

Antes de completar 1 ano de idade

3 doses

2a dose:Intervalo de 27 dias ou mais da 1a dose.

3ª dose: Intervalo de 139 dias ou mais da 1a dose.

De 2 a 9 meses de idade.

Enviado à pessoa-alvo ou anexado na caderneta de Mãe e Filho

・ As crianças-alvo são as nascidas depois de 1o de abril de 2018. 

 

Vacina quadrivalente
(DPT-IPV)

Difteria Coqueluche Tétano Polio

 
(Nota 2)

 

 

1a dose da 1a fase inicial (3 doses)

 

3 doses, deixando um intervalo de 20 dias ou mais.

 Entre 3 e 12 meses de idade.

 

・ Ao exceder 3 meses após o nascimento, recomenda-se vacinar o quanto antes.

・ Crianças que tiveram coqueluche, poderão tomar vacina dupla no lugar da quadrivalente.

 

Reforço da 1a fase

1a dose da 1a fase (3 doses) após o término da 1ª vacinação, deixando um intervalo de 6 meses.

Após o término da 1a dose (3 doses) até completar de 12 a 18 meses.

 
 
 

Pólio
(Poliomielite aguda)

(Nota 3)

1a dose da 1a fase inicial (3 doses)

3 doses, deixando um intervalo de 20 dias

Entre 3 e 12 meses.

Dispostos nas instituições médicas

・ Crianças que tomaram 2 doses de vacina viva na 1a vacinação e 1 dose de reforço.  

・ Crianças que tomaram 2 doses de vacina viva não necessitam tomar.

 

Reforço da 1a fase

Após concluir a 1a dose da 1a fase (3 doses), tomar 1 dose, deixando um intervalo de 6 meses ou mais.

Ao concluir a 1a dose (3 doses), até completar de 12 a 18 meses.

 

Tuberculose   (BCG)

(Nota 4)

Antes de completar 1 ano de idade

1 dose

Entre 5 e 8 meses após o nascimento.

 Anexada na caderneta de Mãe e Filho

 

 

Rubéola e sarampo(Nota 5)

1a fase

 

 

 

-

 

 

1 dose

Anexada na caderneta de Mãe e Filho

・ Ao exceder 12 meses após o nascimento, recomenda-se vacinar o quanto antes na primeira fase.

・ A 2a fase, de 1º de abril do ano anterior de ingressar na escola primária até 31 de março do ano de ingresso na escola primária.

・ Crianças que tomaram injeção de globulina gama, após um intervalo de 3 meses (6 meses, dose de alta terapia).

 

2a fase

 

-

 

1 dose

 

 

Varicela
(catapora)

(Nota 6)

De 12 a até completar 36 meses

2 doses, deixando um intervalo de 3 meses ou mais.

 1a dose: entre 12 e 15 meses após o nascimento.

 2a dose: deixa-se um intervalo de 6 a 12 meses após a 1a dose.

Anexada na caderneta de Mãe e Filho ou disposta nas instituições médicas

・ Excluem-se crianças que tomaram varicela.

・ Para crianças já vacinadas, consulte o Centro de Saúde.

・ Crianças que tomaram injeção de globulina gama, após um intervalo de 3 meses (6 meses, dose de alta terapia).

 

Encefalite

japonesa

(Nota 7)

1a dose da 1a fase inicial (2 doses)

De 6 a até completar 90 meses

2 doses, deixando um intervalo de 6 dias.

 3 anos de idade

 

 

Anexada na caderneta de Mãe e Filho

・ Recomeçou a recomendação de vacinação em abril de 2010.

・ Crianças nascidas entre 2 de abril de 1995 e 1º de abril 2007, e que não foram vacinadas, poderão ter que tomar antes dos 20 anos de idade. Para mais informações, clique aqui.

 

Reforço da 1a fase

Após concluir a 1a dose da 1a fase inicial (2 doses), tomar 1 dose após deixar um intervalo de 6 meses ou mais.

 4 anos de idade

 

 Vacinação preventiva após ingresso na escola primária

Nome da vacinação preventiva

Forma de vacinação estabelecida por Lei, etc.

Período recomendável

Cupom de vacinação preventiva

Observações

Período-alvo

Doses e intervalo de vacinação

Vacina dupla
(DT)

Difteria

Tétano

2a fase

De 11 a 13 anos

1 dose

Idade de 11 anos

Enviados  às pessoas-alvo

 

 Cupom do exame prévio [Wordファイル/96KB]

Encefalite

japonesa

2a fase

De 9 a 13 anos

1 dose

Idade de 9 anos

Dispostos nas instituições médicas

 

Vacina preventiva do câncer de colo do útero (somente mulheres)

Desde o 6º ano da escola primária até a idade equivalente  a 15 anos

 

3 doses

【Cervarix】
2a dose: deixar um intervalo de 6 meses ou mais da 1a dose.

3a dose:deixar um intervalo de 5 meses ou mais da 1ª dose e de 2 meses e meio ou mais da 2a dose.

【Gardasil】
2a dose:deixar um intervalo de 1 mês ou mais da 1a dose.
3a dose:deixar um intervalo de 3 meses ou mais da 2a dose.

1o ano ginasial

Disposto nas instituições médicas

 

・Intervalos padrões

【Cervarix】
2a dose: deixar um intervalo de 1 mês da 1a dose.

3a dose: deixar um intervalo de 6 meses da 1a dose.

【Gardasil】
2a dose: deixar um intervalo de 2 meses da 1a dose.


3a dose: deixar um intervalo de 6 meses da 1a dose.

1 Critério para “deixar um intervalo de ○ dia(s)” 

Sobre a vacina inicial da quadrivalente, de “deixando um intervalo de 20 dias ou mais”, caso tome em uma terça-feira, é possível tomar no mesmo dia da semana (terça-feira) após 3 semanas.

2 Critério para “deixar um intervalo de ○ mês(es)”

A forma de se contar meio mês sobre “2 meses e meio” da 3ª dose da vacina preventiva do câncer de colo de útero, difere de acordo com o mês. Conforme o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar, são: 16 dias no caso de após 2 meses para meses com 31 dias, 15 dias para meses com 30 dias, 15 dias caso o mês tenha 29 dias e 14 dias caso o mês tenha 28 dias.

*Referência do cronograma da vacinação do período infantil*

De 2 meses a 1 ano de idade

Idade de 1 ano

Idade de 3 anos

Idade de 4 anos

Idade de 5 anos

・Hib (2 doses na fase inicial)
・Pneumocócica infantil (3 doses na fase inicial)

・Hepatite B (3 doses)
・Vacina quadrivalente (3 doses na fase inicial)
・BCG (1 dose)

・ Sarampo e rubéola (1a fase)
・ Varicela(2 doses)
・ Hib(reforço)
・ Pneumocócica infantil (reforço)
・ Vacina quadrivalente (reforço 1a fase)

・ Encefalite japonesa (2 doses na 1a fase inicial)

・ Encefalite japonesa (reforço 1a fase)

・ Rubéola e sarampo (2a fase)

Folheto de vacinação preventiva da cidade de Hiroshima [Wordファイル/147KB]

(Nota 1) Sobre o critério de idade

 O cálculo da idade na Lei de Vacinação Preventiva, de acordo com a “Lei Relacionada ao Cálculo de Idade” e o Artigo 143 da Lei Civil”, estabelecem que é adicionado 1 ano um dia antes do aniversário, sendo interpretado da seguinte forma abaixo indicada. Por favor, não erre na hora da vacinação.  

(Exemplo 1): “Período de 3 meses após o nascimento até completar 90 meses”: para uma criança nascida no dia 9 de outubro corresponde de 8 de janeiro a 8 de abril, tendo 7 anos de idade.

(Exemplo 2): “Entre idade de 11 anos ou mais e menos de 13 anos de idade”: desde o dia anterior ao aniversário de 11 anos até o dia anterior do aniversário de 13 anos.

(Nota 2) Sobre a vacina preventiva quadrivalente

 A vacina preventiva quadrivalente se refere à vacina trivalente mais a pólio, e protege contra 4 doenças: difteria, tétano, coqueluche e poliomielite.

(Nota 3) Sobre a vacina preventiva da poliomielite.

Desde setembro de 2012, a vacina contra a poliomielite tem sido aplicada individualmente nas instituições médicas.

◎ Sobre a vacina pólio.
 
 Link  Vacina pólio: “é necessário tomar a vacina pólio para se proteger da poliomielite”. (Página<外部リンク> do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar”<外部リンク>

(Nota 4) Sobre a vacina BCG.

 A partir do ano fiscal de 2008, a vacina de prevenção de BCG sofreu alterações nas instituições médicas.
 
 A partir de 1º de abril de 2013, a idade-alvo, que era até “completar 6 meses”, foi mudada para “até completar a idade de 1 ano”, e o período recomendável, que era até “desde 3 até completar 6 meses após nascimento”, foi mudado para “desde 5 até completar 8 meses após nascimento”.

(Nota 5) Sobre a vacina preventiva de sarampo e rubéola.

Dos anos fiscais de 2008 a 2012, as 3ª e 4ª fase da vacinação preventiva de sarampo e rubéola tinham como tempo determinado, 5 anos.
  Link Falta pouco para você ser um(a) aluno(a) do 1º ano da escola primária! Já terminou de tomar as vacinas preventivas de sarampo e rubéola?
                 Sobre aplicação das vacinas preventivas periódicas de sarampo e rubéola (Centro de Informações sobre Doenças Infecciosas da Cidade de Hiroshima)

(Nota 6) Sobre a aplicação da vacina preventiva de varicela.

Desde 1º de outubro de 2014, a aplicação da vacina preventiva de varicela se tornou preventiva periódica.
 

 As pessoas que fizeram tratamento contra varicela no passado se excluem do alvo.

  No entanto, como o cronograma de vacinação se altera de acordo com a idade e a história da vacinação preventiva de varicela, veja aqui o método.  

 Link Sobre a vacina preventiva de varicela.

(Nota 7) Sobre a aplicação da vacina preventiva de encefalite japonesa

 Devido ao exemplo de causar grave doença após a aplicação da vacina preventiva de encefalite japonesa convencional (método de fabricação com base em cérebros de ratos de laboratório), do ano fiscal de 2005 até o ano fiscal de 2009, havia sido abstida a sua ativa recomendação.      

  Posteriormente, após o desenvolvimento de uma nova vacina, atualmente é possível a aplicação da vacina preventiva de encefalite japonesa de forma normal.

 

 No entanto, pessoas nascidas entre 2 de abril de 1995 e até 1º de abril de 2007, no período da faixa de menos de 20 anos de idade, dentre o total de 4 doses podem tomar as doses restantes como prevenção periódica.

  Aplique a vacina preventiva verificando o histórico de vacinação registrado na Caderneta de Mãe e Filho.

    Veja aqui o método de vacinação das pessoas nascidas entre 2 de abril de 1995 e 1º de abril de 2007.
 Link Sobre a vacina preventiva de encefalite japonesa.

※ A partir do ano fiscal de 2010, foi extinto uma parte do pagamento do valor correspondente pela aplicação da vacina preventiva de encefalite japonesa, que era arcado pela própria pessoa.    

Sobre as instituições médicas que aplicam a vacina preventiva

A aplicação da vacina preventiva nas instituições médica pode ser que seja necessário reservar previamente. Recomendamos que verifique o procedimento da vacinação nas instituições médicas previamente por telefone.
 Informações sobre as instituições médicas que realizam a aplicação da vacina preventiva, podem ser buscadas na página “Rede de Assistência Médica de Emergência da Província de Hiroshima”.
    Link Rede de Assistência Médica de Emergência da Província de Hiroshima(Página de pesquisa sobre hospitais e clínicas que realizam a aplicação da vacina preventiva)<外部リンク>

Aqueles que se mudaram para cidade de Hiroshima

Para poder receber a vacinação preventiva na cidade de Hiroshima, é necessário que tenha a Caderneta de Mãe e Filho e o Cupom de Vacinação Preventiva, emitido pela cidade de Hiroshima.
 Após o trâmite de mudança na Seção de Assuntos Civis ou na filial, não se esqueça de solicitar o Cupom de Vacinação Preventiva, distribuído no Centro de Saúde dos respectivos distritos. Não se esqueça de trazer a Caderneta de Mãe e Filho. Mesmo aqueles que já foram cidadãos de Hiroshima e possuem o Cupom de Vacinação Preventiva dessa época, é necessário realizar o trâmite. Para mais informações, consulte o Centro de Saúde dos respectivos distritos.    

 ● Aqueles que se mudaram para fora da cidade de Hiroshima

 A pessoa que pode receber a vacinação preventiva com o Cupom de Vacinação Preventiva da cidade de Hiroshima, necessita ter o registro de residente na cidade no dia e hora da vacinação. Não é possível utilizar o Cupom de Vacinação Preventiva da cidade de Hiroshima após ter se mudado para outra cidade.

 Sobre a aplicação da vacina preventiva após ter se mudado, solicite informações na municipalidade do novo endereço.

Sobre a emissão de um novo Cupom de Vacinação Preventiva para aplicações em instituições médicas fora da cidade de Hiroshima

O atendimento sobre a emissão de um novo Cupom de Vacinação Preventiva devido a perdas, é feito nos Centros de Saúde dos respectivos distritos. 

 Agora, caso deseje ser atendido por instituições médicas fora da cidade de Hiroshima, é necessário realizar o devido trâmite.

 Se as instituições médicas estiverem dentro da província, é possível receber a vacina gratuitamente com o Cupom de Vacinação Preventiva de ampla área.

 Caso seja fora da província, como existe o Sistema de Subsídio de Uma Parte do Custo, peça informações no Centro de Saúde dos respectivos distritos.

                                                                     
    Baixe Formulário para Solicitação de Emissão do Cupom de Vacinação Preventiva (arquivo PDF) [PDFファイル/251KB]

Endereço e setor de contato do Centro de Saúde dos respectivos distritos

Denominação

Endereço

Número de telefone

Centro de Saúde de Naka Departamento de Saúde e Longa Vida (dentro do  Centro de Bem-Estar regional do distrito de Naka)

Otemachi 4 chome 1-1, distrito de Naka

 504-2528

Centro de Saúde de Higashi Departamento de Apoio Regional (dentro do  Centro de Bem-Estar regional do distrito de Higashi)

Higashikaniya-cho 9-34, distrito de Higashi

 568-7729

Centro de Saúde de Minami Departamento de Saúde e Longa Vida (dentro do prédio anexo da prefeitura distrital de Minami)

Minami-machi 1 chome 4-46, distrito de Minami

 250-4108

Centro de Saúde de Nishi Departamento de Saúde e Longa Vida (dentro do  Centro de Bem-Estar regional do distrito de Nishi)

Fukushima-cho 2 chome 24-1, distrito de Nishi

 294-6235

Centro de Saúde de Asa-minami Departamento de Saúde e Longa Vida (dentro do Centro de Bem-Estar regional do distrito de Asa-minami)

Nakasu 1 chome 38-13, distrito de Asa-minami

 831-4942

Centro de Saúde de Asa-kita Departamento de Saúde e Longa Vida (dentro do Centro de Bem-Estar regional do distrito de Asa-kita)

Kabe 3 chome 19-22, distrito de Asa-kita

 819-0586

Centro de Saúde de Aki Departamento de Saúde e Longa Vida (dentro do Centro de Bem-Estar da região do distrito de Aki)

Funakoshi-minami 3 chome 2-16, distrito de Aki

 821-2809

Centro de Saúde de Saeki Departamento de Saúde e Longa Vida (dentro do Centro de Bem-Estar regional do distrito de Saeki)

Kairoen 1 chome 4-5, distrito de Saeki

 943-9731

Lei e regulamentos relacionados com a vacina preventiva (Sistema de Links de fornecimento de dados sobre a lei da Repartição de Controle Administrativo do Ministério de Assuntos Internos)  

     Lei<外部リンク> de Vacinação Preventiva<外部リンク>
   Lei<外部リンク> de Aplicação da Lei de Vacinação Preventiva<外部リンク>
   Regulamento<外部リンク> de Aplicação da Lei de Vacinação Preventiva<外部リンク>
   Regulamento<外部リンク> de Execução da Lei de Vacinação Preventiva<外部リンク>

Aplicativo de Suporte de Puericultura de Hiroshima

O “Aplicativo de Suporte para Puericultura de Hiroshima” disponível para smartphones, serve para dar suporte aos pais através do registro da saúde da gestante e da criança, do desenvolvimento fetal, do controle e do cronograma da vacinação preventiva, além de outros eventos destinados a crianças e apresentação das instalações de suporte de puericultura, etc.

Hiroshima Child Care Support App

  Link Aplicativo de Suporte de Puericultura de Hiroshima(Página de Hiroshima)

  Baixe Folheto sobre o Aplicativo de Suporte de Puericultura de Hiroshima [PDFファイル/1.9MB]

Pedido de informações relacionadas com essa página

Encarregado de Prevenção e Preservação de Saúde, Seção de Promoção de Saúde, Departamento de Prevenção e Preservação de Saúde, Repartição de Saúde e Bem-Estar

〒730-8586 Kokutaiji-machi 1 chome nº 6 – 34, distrito de Naka, cidade de Hiroshima

Tel:082-504-2622  Fax:082-504-2258

k-suishin@city.hiroshima.lg.jp

Adobe Reader<外部リンク>

PDF形式のファイルをご覧いただく場合には、Adobe社が提供するAdobe Readerが必要です。
Adobe Readerをお持ちでない方は、バナーのリンク先からダウンロードしてください。(無料)


コロナ情報

コロナやさしい日本語

Note Regarding Links

Please note some links on this page may navigate to our Japanese website.

ポルトガル語のバナーの画像<外部リンク>

ひろたびの画像<外部リンク>

  • Hiroshima Peaceのバナー画像<外部リンク>
  • 広島市公式インスタのバナー画像<外部リンク>